Pele Flácida – O que fazer para acabar com a flacidez?

Pele Flácida – O que fazer para acabar com a flacidez?

A pele flácida acontece quando as fibras de sustentação da pele: colágeno e elastina, são afetadas pela falta de nutrição, pela alta oxigenação ou pela ocorrência desses dois simultaneamente e pela desorganização dessas fibras. Podendo ser de difícil tratamento quando acontece pelo desgaste das fibras adiposas.

PRINCIPAIS CAUSAS E AGRAVANTES DA FLACIDEZ DA PELE
Sedentarismo – A falta de atividades físicas enfraquecem a musculatura reduzindo sua função de sustentação da pele;
Efeito Sanfona – Engordar e emagrecer com constância leva ao estiramento e retração da pele e a consequente flacidez;
Envelhecimento – Com a idade o tônus muscular é reduzido causando alterações nas fibras de colágeno da pele;
Variação hormonal na menopausa – Nessa etapa de vida da mulher acontece a diminuição do colágeno, da elastina e dos líquidos da pele;
Predisposição genética – Algumas pessoas sofrem com redução ou alteração das fibras de colágeno e elastina conforme sua estrutura genética.

Leia também: Flacidez

Pele Flacida

2 REMÉDIOS CASEIROS PARA ACABAR COM A FLACIDEZ DA PELE
ALOE VERA
O gel da Aloe Vera concede firmeza à pele flácida e desidratada, interrompe o envelhecimento precoce da pele e reduz pequenas imperfeições.

Ingredientes:

Uma colher de sopa de gel de Aloe Vera;
Uma colher de sopa de óleo de coco;
Uma colher de mel.
Modo de preparo e aplicação:

Coloque o gel de Aloe Vera em um recipiente;
Junte o óleo de coco e o mel;
Misture até conseguir uma pasta homogênea;
Aplique sobre a região com flacidez;
Deixe agir por 20 minutos;
Enxágue com água fria;
Repita a aplicação a cada dois dias.
ÁGUA DE ROSAS
Tônico natural que reduz a flacidez da pele ao diminuir a oleosidade e o acúmulo de células mortas.

Ingredientes:

¼ de xícara de chá de água de rosas;
Uma colher de chá de suco de limão;
Uma colher de sopa de água de hamamelis.
Modo de preparo e aplicação:

Em um frasco com tampa, misture todos os ingredientes;
Agite até estarem totalmente integrados;
Aplique na região da pele flácida com um algodão ensopado pela mistura;
Aplique todas as noites.
MUDE SEUS HÁBITOS E ACABE COM A PELE FLÁCIDA
A mudança de hábitos é fundamental para acabar com a flacidez de pele. Abaixo listamos as mudanças mais importantes e as quais você não deve deixar de fazer.

Aumente a ingestão de água – A hidratação auxilia manutenção da elasticidade da pele, melhora da circulação e impede o inchaço resultante da retenção de líquidos;
Consuma alimentos ricos em proteínas – Carnes magras, grãos, ovos, leite e derivados;
Consuma alimentos que contenham colágeno – Frutas cítricas e suplementos naturais;
Não deixe de ingerir alimentos com propriedade antioxidante – Frutos vermelhos e chá verde.
Pare de fumar – O ato de fumar é extremamente prejudicial à circulação sanguínea;
Mantenha o peso – Evite o efeito sanfona.
Pratique exercícios físicos – Principalmente, a musculação que fortalece a massa muscular e tonifica a pele;
TRATAMENTOS MÉDICOS QUE ACABAM COM A PELE FLÁCIDA
Para tratar a flacidez da pele são aplicados procedimentos elétricos e mecânicos indicados por dermatologistas quanto ao tipo do tratamento e a quantidade de sessões.

CARBOXITERAPIA
Procedimento que aumenta o fluxo sanguíneo na região afetada pela flacidez e aumenta a produção de fibras elásticas e colágeno cuja função é dar firmeza a pele.

As desvantagens desse método são as dores causadas pelas picadas de agulhas e o aparecimento de lesões localizadas.

Carboxiterapia

CORRENTE RUSSA
Estimula a musculatura através de eletrodos que produzem corrente elétrica alternada de baixa intensidade provocando contrações musculares. Sua finalidade é aumentar o tônus da musculatura diminuindo a flacidez dos tecidos da pele.

A corrente russa não pode ser feita por pessoas com problemas cardíacos, de hipotensão não controlada, renais, por quem tem varizes e mulheres grávidas.

MESOLIFITING OU MESOTERAPIA FACIAL
Aplicação múltipla de injeções nas camadas superficiais da pele nas áreas do pescoço, peito, dorso e rosto que retardam o processo de envelhecimento da pele.

Sua aplicação pode causar dor e o aparecimento de inchaço e ligeira cicatriz.

MICROCORRENTE
Eletroestimulação através de correntes elétricas de baixa intensidade e frequência que aumenta o metabolismo celular, a oxigenação e a eliminação de resíduos atenuando a flacidez muscular e a elasticidade, a textura e o viço da pele.

Esse tratamento que também potencializa a circulação linfática é contraindicado para portadores de alergia à corrente elétrica, neoplasias, dermatites, dermatoses cutâneas, pessoas com implantes metálicos e gestantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *